Mastodon
Universo Nintendo

Análise – Princess Peach: Showtime!

Salve o teatro de Rubi e seus Uvaparsas!

Depois de anos sendo sequestrada de novo e de novo e de novo e de novo, chegou a hora de a Princesa Peach ser, novamente, a protagonista de sua própria história. E numa ida ao teatro, seu momento de brilhar está aqui. Em Princess Peach: Showtime!, você assume o papel da Princesa e vai lutar contra os inimigos dos palcos.

Sobre Princess Peach Showtime!

Princess Peach Showtime 01

A maioria de vocês conhece essa loirinha de coroa e vestido rosa como a sequestrada número um do Reino dos Cogumelos. Presente em quase todos os jogos da franquia de Super Mario, Peach geralmente está lá para ser levada pelo Bowser, ou outro vilão esporádico da série, como uma forma de estimular Mario e seu irmão Luigi a irem resgatá-la, passando por inúmeras fases e mundos no processo.

O que muita gente não sabe é que nem sempre, ela é sequestrada. Para além desses casos nada isolados, das competições esportivas e de todos os outros jogos liderados pelo ex-encanador bigodudo favorito das pessoas, Peach também teve seu jogo solitário, Super Princess Peach, lá no Nintendo DS, em 2005, no qual ela é quem resgata Mario e Luigi.

E quase 20 anos depois, chega outro jogo com ela no comando, Princess Peach: Showtime! Anunciado no Nintendo Direct de junho de 2023, nós tivemos detalhes a ele finalmente em setembro, e, depois de uma demo disponível para nós algumas semanas antes, o jogo foi finalmente lançado no fim de março.

História

Princess Peach Showtime 04

Princess Peach: Showtime! começa quando a Princesa Peach recebe um panfleto para ir ao teatro, mas chegando lá, a malvada Rubi e sua trupe Uvaparsas interrompem os espetáculos, e Peach ganha uma nova amiguinha, Estela, a guardiã do teatro, para resolver a confusão.

Mas ela não pode simplesmente ser a Peach, já que estamos falando de teatro. Então, a cada peça que você entra para salvar, você assume um papel diferente, se transforma e salva os Ribaltinos, enfrentando todos os inimigos, que aparecem do começo ao fim da fase, ou ato, até chegar ao final de cada peça.

Depois de enfrentar alguns atos, você enfrentará bosses mais fortes, e a história continua noutro andar. Cada fantasia que você usa te dá poderes diferentes que te permitirão vencer não só os Uvaparsas, como também os minigames apresentados, um após o outro.

A história é essa, sem muitos frufrus (embora seja da Peach), sendo apenas justificativa pra jogar. Não tem Mario, Luigi ou Toad, nem outras personagens conhecidas. O jogo é da Peach, aventura basicamente solo dela em busca de passar pelos Uvaparsas em seu caminho para derrotar a terrível e malvada Rubi, salvando, assim, o Teatro e seus Ribaltinos.

Jogabilidade

Princess Peach Showtime 02

Aqui é onde mora todo o cerne de Princess Peach: Showtime! Cada uma das peças diferentes que você entra, terá de assumir uma transformação diferente, bem Mahou Shoujo. São dez no total, incluindo ninja, espadachim, patinadora, espiã, e mais. Cada uma delas seus poderes de fita mudam, e a forma como você interage com o cenário, também.

Via de regra, você entra numa sala que está com peça, aguarda o aviso sonoro, inicia a peça com seu vestido padrão escolhido, enquanto roda sua fita para lá e para cá e busca estrelas pela fase. Num determinado ponto, você receberá o poder necessário para se transformar, e aí, a ação começa, geralmente, a ficar um pouco mais intensa, com Uvaparsas que vão interagir com você de forma mais ativa, enquanto você corre atrás deles, liberta os Ribaltinos e chega ao fim da fase, descobrindo quantas estrelas deixou pelo caminho.

Clique aqui e receba as notícias direto do Canal Universo Nintendo no seu no Telegram

É um jogo de plataforma bem padrão, se a gente observar por esse ponto, mas com variedade oferecida por cada uma das dez transformações. Depois de libertar um andar todo da trupe da Rubi, você encarará fases mais difíceis, que te farão liberar novas peças para salvar, e você segue o caminho até acabar o jogo.

Os comandos são bem simples, e o comando de ataque muda de acordo com qual transformação você está usando, e cada fase é diferente para acomodar esses poderes. Como confeiteira, você terá que decorar bolos; como patinadora, fazer as melhores apresentações, saltos e piruetas; enquanto como vaqueira, precisa laçar seus inimigos e deixá-los pelo caminho. Vocês conseguiram entender o geral.

Princess Peach Showtime 03

Princess Peach: Showtime! é um jogo feito para crianças, essencialmente, e isso se reflete na jogabilidade extremamente simples. Há, sim, alguns pontos um pouco mais complexos, mas no geral, difícil de alguma pessoa adulta encarar muita frustração, depois de entender como funcionam as coisas. Para crianças, ele é bem desafiador em alguns pontos, mas você pode receber 3 corações extras de forma “permanente” pra te ajudar a sobreviver mais tempo.

Infelizmente, não posso sugerir jogar a demo para decidir se o jogo te agrada ou não, porque apenas duas transformações estão disponíveis, e você pode ser como eu, que não gostou especificamente de uma delas (ou das duas) e achar que a experiência do jogo vai ser essa, quando não será. Então, aconselho que você assista a gameplays para decidir se é para você ou não.

Já adianto para dizer que o jogo é curto, bastante curto. Com seis a oito horas, você consegue ver o final, e com menos de quinze, dependendo da sua dedicação, você consegue chegar aos 100%. Isso é um fator para algumas pessoas na hora de decidirem comprar, especialmente um jogo de valor cheio, então, achei relevante mencionar.

Parte Técnica

Como quase todos os jogos feitos diretamente pela Nintendo para o Nintendo Switch, Princess Peach: Showtime! é um jogo lindo que roda muito bem no console. Até parece que foi feito exclusivamente para ele (/p). Não há queda de framerates, não há lentidão no carregamento entre as telas, as transformações são bem fluidas e bonitas, os sons do jogo no geral são bem-feitos, e a voz clássica da Peach está por lá.

O jogo é totalmente traduzido para o português, o que atende perfeitamente ao propósito de ser um jogo de plataforma introdutório para crianças. Quem nunca jogou um jogo do estilo antes tem em Princess Peach: Showtime! uma ótima experiência inicial.

Cada transformação da Peach traz um modelo novo de vestido, e toda decisão cosmética que você tomar, seja com Peach, seja com Estela, é refletida em todas as telas, não havendo retorno ao padrão por questão de cutscene ou nada do tipo, e isso é um ponto muito positivo.

Você não terá problemas com desempenho jogando este jogo.

Conclusão

Princess Peach: Showtime! é um jogo curto, simples, direto ao ponto. É uma ótima introdução às plataformas, com poucas frustrações, belo visual, tradução muito bem-feita e surpreendente variedade de jogabilidade. Se a duração não for um problema pelo preço, aproveite!

Análise feita com cópia gentilmente cedida pela Nintendo

REVIEW Princess Peach Showtime
Princess Peach: Showtime!
Curto, porém divertido
Princess Peach: Showtime! é um jogo curto, simples, direto ao ponto. É uma ótima introdução às plataformas, com poucas frustrações, belo visual, tradução muito bem-feita e surpreendente variedade de jogabilidade. Se a duração não for um problema pelo preço, aproveite!
Prós
Jogo divertido de se jogar
Transformações diferentes oferecem bastante variedade às fases
Personagens ricas e vibrantes
Ótima introdução às plataformas para crianças
Contras
Jogo muito curto
O excesso de facilidade pode ser ruim para algumas pessoas
7.8
você pode gostar também
Comentários