Universo Nintendo

Análise – Touken Ranbu Warriors

Conserte a história do Japão comandando espadas em forma humana

Touken Ranbu Warriors é mais um spin-off da série Warriors. Desta vez, a Koei Tecmo foi buscar inspiração num dos jogos online gratuitos de maior popularidade no Japão, e adicionou ao seu respeitável line-up de jogos da série. Mas será que ele faz jus a estar do lado de Hyrule Warriors e Fire Emblem Warriors, entre tantos outros?

Sobre Touken Ranbu Warriors

Senta, que lá vem história. Em 2013, a DMM lançou um jogo chamado Kantai Collection. Nesse jogo, navios de guerra da Segunda Guerra Mundial são antromorfizados como garotas, e você cria esquadrões com seus navios/garotas e busca a vitória no combate.

Esse jogo fez tanto sucesso que ganhou versão em manga, light novel, RPG de mesa, Anime e até filme e teatro. E em 2015, recebeu um clone do gênero masculino, chamado de Touken Ranbu.

Nesse jogo, você assume o papel de um monge que recebe o controle de espadas históricas, desta vez antropomorfizadas como homens. Esse jogo foi lançado no mundo inteiro em 2021, e está disponível para jogar gratuitamente online (assim como o Kantai Collection). A exemplo de seu jogo mãe, Touken Ranbu fez um tremendo sucesso, tanto no Japão quanto no exterior, e também virou anime, filme e peça de teatro. Agora, chega ao universo Musou com Touken Ranbu Warriors.

História

Touken Ranbu Warriors 03Touken Ranbu Warriors se passa entre o passado e o futuro. E pode-se dizer que todo mundo nesse jogo é espada. Em 2205, espadas clássicas que assumiram uma forma humana precisam voltar ao passado para ajudar a corrigir a linha do tempo do Japão feudal e imperial, alterada por monstros representando uma agência do mal.

Cada uma das espadas clássicas virou um homem diferente, com personalidade, motivações e intenções únicas, cujas histórias você vai conhecendo individualmente conforme os leva pra missões ou os coloca pra melhorar os laços com outros.

Em cada momento da história, você vai seguir uma linha de conhecer batalhas específicas da história do Japão, quais foram as alterações feitas e quais as condições de vitória para devolver a história ao seu curso original.

Uma raposinha, Konnosuke, vai te dar instruções precisas e te levar para cada época específica. Você terá que levar seus guerreiros espadas a matar seus antigos mestres, ou a defendê-los de emboscadas, sem revelar sua verdadeira identidade.

Durante as missões em si, como todo jogo da série Warriors, a história acaba sendo secundária, mas antes e depois da cada uma, as cutscenes são muito ricas em contar uma trama bem costurada e crível. Eu passei a real me importar com o que estava acontecendo e com corrigir as coisas, e esse tipo de imersão foi conseguido pela história coesa oferecida em Touken Ranbu Warriors.

Jogabilidade

Touken Ranbu Warriors 01Touken Ranbu Warriors é o melhor jogo de toda a série para alguém que nunca jogou Musou, esse estilo de jogo. Ele aproveita o que de melhor seus antecessores fizeram, descarta o que os jogos ruins estragaram e entrega uma jogabilidade fluida e personalizável: a cada missão e minigame, você coleta materiais, e esses materiais são usados para melhorar seus guerreiros, comprando novas habilidades, aumentando suas estatísticas ou liberando novos poderes.

Você também pode escolher um item ou mais para ser equipado em cada guerreiro, e levando em conta que em cada missão, você só pode ir com 2 guerreiros, de 16 possíveis, e a cada grupo de missões, as opções mudam, então, é importante você elevar o nível de todo mundo, para não ter muitas dificuldades futuras.

O jogo também tem o modo Honmaru, que é o que acontece entre as missões. Nela, você tem a base dos Touken Danshi, que são os guerreiros, na qual pode ver as conversas de aumentar laços, colocar personagens nas mesmas salas pra se darem melhor, além de jogar minigames que vão te dar mais materiais para evoluir seus guerreiros.

As missões são como as de todos os jogos de Warriors. Caso você não conheça, você tem um número específico de personagens que controla, neste caso, um com um assistente, e missões específicas a cumprir, como derrotar um número x de inimigos, garantir a sobrevivência de alguma personagem histórica, fazendo sua proteção, ou derrotar algum inimigo específico dentro de um tempo determinado, por exemplo.

Você tem até quatro ataques especiais, além do ataque normal e dos superataques, que são ativados depois que as respectivas barras ficam cheias, e com eles, você mói o maior número de monstros no seu caminho até atingir o objetivo da missão. Algumas missões exigem investigações extras para que você consiga descobrir 100% dos segredos da fase, ou você vai fracassar, mesmo que cumpra a missão principal.

Em Touken Ranbu Warriors, as missões são mais curtas que o comum na série, levando de 2 a 10 minutos para acabarem, algumas realmente bem rápidas, o que garante que a história avança mais rápido do que o normal, mas você também pode acabar se entendiando mais rápido, porque não dá pra se empolgar em muitas delas. Isso pode afastar fãs mais tradicionais dos Musous, que se acostumaram a missões longas, mas também é bem bacana para períodos curtos de jogos, em que não tenhamos tanto tempo assim.

Parte Técnica

Touken Ranbu Warriors 02A galera responsável por este jogo está de parabéns. Touken Ranbu Warriors é um jogo que roda liso, liso, liso, e faz com que a gente levante a sobrancelha para alguns dos títulos originais e exclusivos do console (o jogo também está disponível para PC).

Não observei quedas de framerates sérias, e mesmo as que eu observei, foram em momentos nos quais havia muita coisa acontecendo, e foram raras. O jogo não fechou sozinho nenhuma vez nas mais de 40 horas que joguei, e a tela de carregamento não é muito demorada para ir de uma tela a outra.

A arte é linda, e embora os modelos 3D das personagens se destaquem um pouco nos fundos dos cenários, a sensação geral é muito boa, além de uma ótima ambientação das eras específicas que a gente visita. Claramente, há uma mudança nas estruturas, nos castelos, nas roupas, etc, além de diferenças claras na forma de utilização de cada arma dos Touken Danshi. Claramente, fizeram bastante pesquisa aqui.

A sonorização é perfeita, e se você jogar de fones, você realmente se sente dentro de cada ambiente. Os passos no chão são diferentes dependendo do terreno e do tipo de calçado, e cada arma também soa diferente, dependendo do tamanho e do peso dela, e isso eu achei sensacional.

Com as DLCs, você pode obter roupas e cenários diferentes para seus guerreiros, e somando isso ao fato de que é impossível que você eleve todos ao máximo de suas conversas de ligação, você vai querer jogar ao menos umas duas ou três vezes para poder saber tudo de todos, então, as roupas e cenários diferentes ajudam a não cansar tanto.

Conclusão

Touken Ranbu Warriors mostra mais uma vez que a Koei Tecmo manda melhor nos jogos spin-offs da série Warriors que nos jogos da série Dynasty, e entrega um Musou delicioso de jogar em todos os aspectos, de personagens ricas a ambientações perfeitas. Tendo missões mais fáceis e curtas, ele é o jogo ideal para iniciantes no gênero.

Análise feita com cópia gentilmente cedida pela Koei Tecmo

Touken Ranbu Warriors
Touken Ranbu Warriors
Ótimo para iniciantes
Touken Ranbu Warriors mostra mais uma vez que a Koei Tecmo manda melhor nos jogos spin-offs da série Warriors que nos jogos da série Dynasty, e entrega um Musou delicioso de jogar em todos os aspectos, de personagens ricas a ambientações perfeitas. Tendo missões mais fáceis e curtas, ele é o jogo ideal para iniciantes no gênero.
Prós
Jogabilidade fácil
Personagens carismáticas
Dublagem muito bem feita
Graficos muito bonitos
Contras
Talvez fácil demais, com missões muito curtas, pra quem é fã de Musou
História única e extremamente linear
8.5

ⓘ Amazon Brasil

você pode gostar também
Comentários