Mastodon
Universo Nintendo

Após acordo com Nintendo na justiça, emuladores Yuzu (Switch) e Citra (3DS) são descontinuados

Páginas do GitHub já saíram do ar; Canais em Discord, sites e Patreon serão descontinuados

Após um acordo firmado com a Nintendo em um pagamento de US$ 2.4 milhões, a equipe responsável pelo desenvolvimento dos emuladores Yuzu e Citra 3DS se pronunciaram oficialmente através das redes sociais.

Ambos projetos relacionados aos emuladores do Nintendo Switch e Nintendo 3DS foram encerrados como parte do acordo, que prevê ainda o encerramento da campanha de financiamento no Patreon, além da distribuição e clonagem dos projetos, remoção de qualquer menção em páginas oficiais e também do código fonte em qualquer site.

Até o momento em que esta matéria foi publicada, páginas de ambos Citra e Yuzu no GitHub já foram removidas, assim como o bloqueio de canais no Discord também foram efetuados.

Clique aqui e receba as notícias direto do Canal Universo Nintendo no seu WhatsApp

Em nota, a equipe do Yuzu se pronunciou sobre a decisão em sua conta no X (antigo Twitter):

Olá, yuz-ers e fãs do Citra:

Escrevemos hoje para informar que o apoio ao Yzu e da Yuzu à Citra será descontinuado, com efeito imediato.

Yuzu e sua equipe sempre foram contra a pirataria. Iniciamos os projetos de boa fé, por paixão pela Nintendo e seus consoles e jogos, e não tínhamos a intenção de causar danos. Mas vemos agora que, porque os nossos projetos podem contornar as medidas de proteção tecnológica da Nintendo e permitir aos utilizadores jogar jogos fora do hardware autorizado, levaram a uma pirataria extensiva. Em particular, ficamos profundamente desapontados quando os usuários usaram nosso software para vazar conteúdo do jogo antes de seu lançamento e arruinar a experiência de compradores e fãs legítimos.

Chegamos à decisão de que não podemos continuar a permitir que isso aconteça. A pirataria nunca foi a nossa intenção e acreditamos que a pirataria de videojogos e de consolas de videojogos deve acabar. A partir de hoje, colocaremos nossos repositórios de código offline, descontinuaremos nossas contas Patreon e servidores Discord e, em breve, fecharemos nossos sites. Esperamos que as nossas ações sejam um pequeno passo para acabar com a pirataria das obras de todos os criadores.

Obrigado por seus anos de apoio e por compreender nossa decisão.

A Nintendo não se pronunciou oficialmente sobre o acordo judicial.

você pode gostar também
Comentários