Universo Nintendo

Artigo em Vídeo | Coelho no Japão – Melhores jogos para viajar com seu Nintendo Switch

Uma seleção de games para você levar e curtir na estrada.

Partiu viajar!!! Mas não sem antes levar seu Switão! 

Hoje vou atender à um dos pedidos mais frequentes de vocês!

Uma seleção de jogos pra levar nas viagens!

 

Essa seleção está se focando pros momentos onde você vai jogar no seu modo portátil, de fone, relaxadinho, até mesmo durante a viagem mesmo, no carro, ônibus ou avião.

 

Teremos 5 jogos da Nintendo, e 5 não Nintendo, e em todos os casos serão jogos de estilos diferentes e todos eles tem uma segunda opção, geralmente mais barata, ou mais desconhecida. Então, tá bem completinho pra todo mundo! 

 

Quer mais capricho ainda?
Vamos organizar com o nome do jogo, preço mais baixo segundo o eshopprices (sem promoção), quantidade de horas de gameplay segundo o How Long to Beat, e a avaliação segundo o metacritic… Alguns jogos podem ser mais caros, mas entram em boas promoções então vale adicionar na wishlists e ficar ligado nos nossos vídeos de promoção, toda segunda.

 

Vamos começar?

1- Animal Crossing (R$300 , +100hrs , nota 90 ) 

    Cozy Grove (R$25 , +100hrs , nota 71)

 

Começar com Animal Crossing é um clichê mas uma obrigação kkkk Em Animal Crossing, sua ilha é seu novo lar, e você pode fazer o que quiser nela ! Decorar sua casa, os ambientes externos, caçar e completar o museu… é uma vidinha virtual beem tranquila, e apesar desse vídeo não ser um ranking, é com certeza a melhor opção pra se jogar em viagens.

 

Cozy Grove também é um jogo numa ilha, embora aqui a comunicação e realizações de tarefas sejam mais importantes, e é uma opção absurdamente mais barata, apenas 25 reais na eShop BR. Porém, é um jogo feito pra se jogar 30 minutos, 1 hora, 2 no máximo, então, é bom pra jogar durante o período de viagens, mas não é um jogo pra se jogar durante toda a viagem. 

2 – Yoshi’s Crafted World (R$300 , 35hrs , nota 79)   

     Yoku’s Island (R$ 107 -Mexico- , 10hrs , nota 82 )

 

Jogos de plataforma podem ir desde desafios estressantes, até jogos calmos e relaxantes.

Yoshi’s Crafted World talvez seja a melhor opção dos relaxantes quando criamos uma relação : dificuldade baixa x qualidade de jogo x tempo de jogo. É um jogo lindo e cheio de segredos pra descobrir, e pode ser jogado de modo mais direto, terminando em 10 horas, ou de modo mais persistente, coletando tudo que o jogo oferece como busca, e aí o tempo de gameplay até triplica.

 

Yoku’s Island é um dos meus indies preferidos, ele é um Metroidvania, ou seja, um jogo de plataforma não linear, ou seja (kk) um jogo onde não é só andar pra frente e pra trás, existe um elemento de labirinto, mas aqui não é nada complicado, e ele tem mecânicas de pinball, o que é incrível e é um jogo EXTREMAMENTE carismático. O par perfeito pra Yoshi’s Crafted World

 

 

3- Captain Toad Treasure Tracker (R$200 , 18 hrs  , nota 82) / 

    The Last Campfire (R$80 , 6hrs  , nota 83)

 

2 Puzzle Adventure Games que não subestimam sua inteligência e ao mesmo tempo não explodem sua cabeça ou colocam grande pressão sobre o jogador:

Captain Toad é um jogo baseado em diorama (aquelas lembrancinhas que são um cenário 3D numa plataforma; aqui a movimentação da câmera é muito importante pra resolução dos puzzles, que são bem divertidos.

 

The Last Campfire é um jogo dos criadores de “No Man’s Sky”, e é um puzzle plataforma bem gostoso de jogar, com lindos cenários e arte em geral. Sua duração fica em torno de 6 horas, então é um jogo legal pra ter como “vou zerar esse jogo aqui durante a viagem”.

 

(exemplo de diorama)

4- Pokémon BDSP (R$300 , 35hrs , nota 73) 

    Nexomon (R$2 -argentina- , 39hrs  , nota 79 )

 

Todos os Pokémon RPGs poderiam estar aqui, já que são games tranquilos de se jogar.

Mas acredito que entre eles, os remakes de Diamond Pearl sejam os mais indicados para viagens, isso por conta de sua mais vasta gama de Pokemons pra capturar em relação ao Let’s Go, o seu Underground que é um fator replay pós campanha mais relaxante que os pós games dos outros jogos, assim como os Contests, então… acho que vitória de BDSP.

Nexomon Extinction é uma das melhores experiências de Catch Monsters já feita e a gente tem sempre falado dele desde nossa análise que você pode conferir depois. Mas em termos de viajar e relaxar, o primeiro Nexomon é mais indicado, já que o Extinction é mais difícil. Se isso não é um fator que te incomoda, fique com ele. 

 

Nexomon 1 tem centenas de monstrinhos pra capturar em cada uma das graminhas, uma campanha inteiramente nova no pós game e uma dificuldade mais “de boa”, fora que custa 50 reais ou…. 2 reais na eShop Argentina, o que o torna um jogo praticamente de graça. 

5- New Pokemon Snap (R$300 , 50hrs , nota 79)  

    Toem (R$101  , 5hrs  , nota 80  )

 

Uma dica até mais valiosa pra viagens, dentro do universo Pokemon, New Snap é realmente muito relaxante e carismático e muito muito bem feito. Apenas zerar a campanha não é tudo, você ainda pode buscar as fotos mais valiosas, e editar as suas fotos preferidas. É uma diversão tranquila e agradável, assim como o jogo.

 

Toem também é um jogo de tirar foto, e ele já é mais adventure, com aquele charme indie game, mas a qualidade necessária pra ter sua aprovação. Plus, ele custa um terço de Pokemon Snap, embora extremamente mais sucinto, sendo terminado com 3 horas de jogo.

 

 

Agora passando pra jogos não Nintendo, a outra obrigação de incluir nesse vídeo:

6- Stardew Valley (R$25 , +100hrs  , nota 87) 

    Spiritfarer  (R$58 , 38hrs  , nota 83)

 

Esse “joguinho” de “fazendinha” é na verdade um dos jogos mais amados do cenário indie.

E não é à toa, ele tem centenas de horas de conteúdo, um nível de poimento absurdo, fruto da dedicação e paixão de seu único desenvolvedor. Se você AINDA não começou Stardew Valley, vai ter aqui um jogo pra jogar durante a viagem, ao longo da viagem, e continuar jogando depois dela.

 

Spiritfarer já é um jogo de maior porte, e mais sucinto, ele tem uma arte de cair o queixo e uma história mais linear, mas ainda é um jogo onde você vai montar e aperfeiçoar seu barquinho enquanto ajuda os espíritos tripulantes a realizar seus desejos antes da atravessarem “o outro lado”, então ele tem uma boa chance de te fazer chorar…

7- Minecraft  (R$75 ,  +100hrs  ,  nota 86)

    The Survivalists (R$135 -Mexico- , 50hrs , nota 70)

 

Mais do que apenas gerenciar um barco ou uma fazenda, os jogos sandbox te dão um mundo inteiro pra fazer o que bem quiser. Minecraft te permite construir infinitas coisas, é um jogo que em 2021 ainda tem quem subestime, e eu peço: experimentem o jogo, pode ser na viagem inclusive.

 

The Survivalists já foca, como o nome diz, na sobrevivência, e na evolução da sua sociedade, já que você começa como um ilhado que pra ter ajuda, treina macacos (e isso é bem divertido nele, inclusive).

8- Voez (R$118 -México-  ,  50hrs , nota 81) 

    Runner3 (R$38 , 20hrs  , nota 73)

 

Ah, jogos musicais e rítmicos são sempre uma exceleeente pedida em viagens.

Voez pode ter várias músicas incrivelmente desafiadoras, mas ele tem uma enooorme quantidade de músicas tranquilas e gostosas de dar aquela noobada, colocar num level baixo e jogar só com o dedão segurando o tablet com fone.

 

Runner3 já é um jogo Rítmico e não musical, mas ele tem uma atmosfera e trilha totalmente aconchegantes e suas fases tem uma progressão bem didática. 

É um jogo mais curto, mas como custa 37 reais, é uma boa pra vocês experimentarem e finalizarem enquanto viaja. 


9- Tetris Effect (R$203 ,  30hrs  , nota 95) 

    Murder By Numbers (R$80 -México-  ,  36hrs  , 78 nota  ) 

    How Buddy’s Parents Met (R$10 ,  19hrs  , nota 6)

 

Clássicos puzzles quando ganham uma roupagem bem trabalhada, são excelentes opções quando se buscam uma jogatina mais descompromissada, mas ótima. 

Tetris Effect é um jogo obrigatório, e eu não consigo descrever o quão bom é você estar em viagem jogando Tetris Effect, ouvindo de fone as músicas maravilhosas desse game.

 

“Murder By Numbers” deu ao clássico Picross uma campanha de investigação (e eles chamaram o compositor de Ace Attorney!) e o resultado é incrível. 

Descubra mistérios enquanto resolve os puzzles numéricos, tudo com muita tranquilidade em sua viagem.

 

E só aqui, eu vou fazer uma terceira recomendação, do indie brasileiro “How Buddy’s Parents Met”, que é um quebra-cabeça, além de bem completo, com várias dificuldades e opções de assistência, tem ótima trilha, uma história contada a cada quadro resolvido, e um precinho minúsculo.

10- Jurassic World Evolution (R$276 ,  58hrs  , nota 75 ) 

      The Colonists  (R$139 ,  +100hrs  , nota 73)

 

Jogos de estratégia podem ser extremamente cansativos devido à exigência de raciocínio, mas esses 2 serão experiências maravilhosas pras suas viagens:

Jurassic World Evolution te permite criar  gerenciar e cuidar de seus pets dinossauros kkk e sério, esse jogo tira totalmente a visão ameaçadora dos animais, até o meu filho pequeno adora dar nomes aos dinos e ver eles ali interagindo.

 

The Colonists também é um destaque, robôs vão pra um planeta e precisam iniciar uma colonização lá.

A música do jogo é bem relaxante, e as metas das fases são apenas de tempo, mas ele é muito tranquilo de se jogar, e a partir da metade do jogo você escolhe se quer prosseguir a campanha com fases que incluem combates, ou continuar no modo pacífico. 

 

Bom, eu simplesmente não consigo terminar esse vídeo sem citar 2 jogos:

“Super Mario Odissey” (R$300 , 62hrs  , nota 97)  e “The Legend of Zelda : Breath of the Wild” (R$300 , +100hrs  , nota 97)

 

São 2 jogos que dispensam a minha indicação, minha ou de qualquer outro, e com certeza vocês conhecem e possivelmente já viajaram com essas 2 grandes experiências. 

Mas novamente, não dava pra terminar esse vídeo sem citar os 2, e mesmo que os objetivos principais não sejam tão “zen mode”, eles tem conteúdo de sobra pra você apenas se divertir, sem grandes compromissos. E são experiências obrigatórias, seja em viagem, em casa ou onde for.

 

É isso por hoje, amigos, tenham uma boa viagem, e se você viu esse artigo mesmo sem um viagem em mente, meu muito obrigado.

você pode gostar também
Comentários