Universo Nintendo

Brasil | Ministra do Esporte, Ana Moser não considera os eSports como parte da categoria

Ana afirma que não haverão investimentos nos eSports em seu mandado por considerar como indústria do entretenimento.

Em entrevista recente ao portal UOL a atual ministra do esporte e ex-jogadora de vôlei, Ana Moser, atribuída ao cargo para o mandado do governo LULA, comentou sobre o que acha dos eSports e também afirmou que não pretende investir na categoria.

A meu ver o esporte eletrônico é uma indústria de entretenimento, não é esporte. Então você se diverte jogando videogame, você se divertiu. O atleta de esports treina, mas a Ivete Sangalo também treina para dar show e ele não é atleta, ela é uma artista que trabalha com entretenimento. O jogo eletrônico não é imprevisível, ele é desenhado por uma programação digital, cibernética. É uma programação, ela é fechada, diferente do esporte.

O comentário vai contra uma das lutas recentes para que os esportes eletrônicos se encaixem na categoria e receba investimentos por parte do governo, além de suporte do programa Bolsa Atleta, benefícios da Lei de Incentivo ao Esporte e outros recursos públicos.

Ana comenta ainda sobre o tópico afirmando que não pretende investir nos eSports em seu mandato como ministra:

A questão do esporte eletrônico a nível Federal ainda não é uma realidade. Não tenho essa intenção [de investir nisso]. A gente lutou ano passado, eu na minha vida pregressa, a frente da Atletas pelo Brasil fizemos uma ação muito forte junto ao legislativo par ao texto da lei geral não ser aberto o suficiente para ter o encaixe dos esportes eletrônicos. O texto está lá protegendo o esporte raiz. A definição de esporte tinha sido dado uma abertura que poderia incluir esporte eletrônico, e a gente fechou essa definição para não correr esse risco.

A entrevista na íntegra você confere acessando a página da UOL.

Publicidade

Publicidade

você pode gostar também
Comentários