Mastodon
Universo Nintendo

Nintendo Switch 2 – Novas descobertas apontam possíveis dados técnicos de RAM, armazenamento e mais

Console pode se aproximar do que a geração mais recente oferece de desempenho nos jogos

Faz pouquíssimo tempo que descobrimos oficialmente que a Nintendo vai revelar o sucessor do Nintendo Switch em algum momento até março de 2025, mas parece que informações ainda melhores foram descobertas.

Eu que vos escreve (Felipe) juntamente com diversos usuários do fórum Famiboards (LiC, Dakhil, Alovon11, Thraktor, LuigiBlood e Pokemaniac) investigamos dados de envios e recebimentos de peças ao redor do mundo nos últimos meses para descobrir potenciais partes do novo sistema da Nintendo.

Por conta disso, foi possível atualizar a perspectiva técnica do que podemos esperar do próximo hardware da Nintendo, incluindo sua memória RAM, armazenamento interno e outros dados.

Confira:

Clique aqui e receba as notícias direto do Canal Universo Nintendo no seu no Telegram

  • NVIDIA T239 confirmado como SoC do console, está em sua terceira revisão e custaria entre 50 e 60 dólares para a Nintendo por unidade
  • Memória RAM de 12GB em LPDDR5(X) com velocidade de 7500MT/s (120GB/s Dual Channel)
  • Armazenamento Interno de 256GB em UFS 3.1 (Máximo de 2.9GB/s em leitura Sem Compressão)
  • **Potencial Cooler para resfriamento na Dock
  • As dimensões do hardware com Joy-Con acoplados seriam próximas do ROG Ally em comprimento e largura

Até o momento, nada disso foi oficializado pela Nintendo em si, mas já traz um parâmetro interessante sobre o que poderíamos esperar das desenvolvedoras em relação aos jogos que devem desembarcar no sucessor do Nintendo Switch.

Em resumo, com esses dados técnicos (ainda que incompletos), o novo híbrido poderia se equiparar em lançamentos da geração atual (o suporte à chegada deles) sem a necessidade de um esforço brusco como ocorre atualmente com a disparidade técnica do Nintendo Switch atual.

E aí, animados com o que poderão presenciar na nova geração da Nintendo? Deixem a opinião nos comentários.

você pode gostar também
Comentários