Universo Nintendo

Ocidente | Yomawari: Lost in the Dark tem lançamento confirmado para a primavera brasileira

Jogo está atualmente disponível no Japão.

A NIS America anunciou hoje o lançamento da versão localizada de Yomawari: Lost in the Dark para o Nintendo Switch, PlayStation e Windows (Steam) em algum momento da primavera brasileira (entre setembro e novembro) de 2022.

O jogo contará com edições digital e física, sendo essa última na edição padrão e limitada comercializada pela NIS Online Store.

Confira um resumo do jogo a seguir, via NIS America:

Sobre o Jogo

Uma jovem acorda em uma floresta escura e desconhecida sem se lembrar de como chegou lá. Enquanto ela procura a saída, ela cruza o caminho de um indivíduo misterioso que revela a ela que ela foi amaldiçoada. Para quebrar a maldição, ela precisa explorar as ruas de sua cidade à noite para buscar suas memórias perdidas. No entanto, fantasmas malévolos espreitam nas sombras, e a garota deve evitá-los correndo, se escondendo e fechando os olhos se ela espera sobreviver tempo suficiente para quebrar sua maldição.

Sobre o Jogo

  • A Noite Continua: Outro capítulo da série de terror atmosférico emergiu das sombras! Com uma nova história ambientada em um mundo assustadoramente familiar, fãs novos e antigos podem mergulhar de cabeça.
  • Lar Doce Assombração: O design de som sinistro e os ambientes sombrios preparam o cenário para fantasmas horríveis e aterrorizantes nunca vistos antes na série.
  • Novo Medo, Novo Eu: Pela primeira vez em Yomawari, você pode personalizar a aparência do seu personagem alterando o penteado, a cor do cabelo, as roupas e os acessórios.
  • Não Veja o Mal: Faça o que for preciso para sobreviver aos terrores da noite. Revele segredos e espectros usando sua lanterna. Encontre pistas enquanto ouve o som do seu batimento cardíaco para detectar fantasmas próximos e utilize uma nova mecânica, fechando os olhos, para evitar o olhar dos espíritos malignos que o observam.

Assista ao trailer de anúncio acima.

Fonte NIS America PR
você pode gostar também
Comentários