Universo Nintendo

RUMOR | Vazamento de documentação da NVIDIA dá pistas sobre características do próximo hardware Nintendo

Modelo poderia ser um aprimoramento para o Nintendo Switch atual.

A Nintendo sempre reafirmou ao mercado de que possui pesquisa e desenvolvimento contínuo de hardwares mesmo com seus consoles mais novos disponíveis para os consumidores.

Diversos reportes recentes (1),(2),(3) apontam para o “caminho do 4K” como uma forma da empresa diminuir a distância das suas concorrentes e viabilizar a chegada de muito mais títulos de produtoras parceiras para a biblioteca do Nintendo Switch.

Hoje, um novo vazamento relacionado à documentação do NVIDIA DLSS trouxe à tona novamente a possibilidade de que a empresa esteja trabalhando em um SoC (Sistema no Chip) robusto para o hipotético novo modelo do Nintendo Switch / hardware inédito com suporte às técnicas gráficas atuais da companhia para aprimoramento dos títulos.

Confira um resumo do que foi encontrado a seguir:

  • A documentação traz consigo indicativo de uso do DLSS na API gráfica da NVIDIA que foi criada para a Nintendo/Switch;

De acordo com as imagens acima, “nvn_dlss_backend.h“,  “nvndlss.cpp” e “nvn_dlss.cpp” são alguns dos arquivos parte dessa API, listados como NVN2 — hipoteticamente a segunda versão (e atualizada) da API Gráfica já com uso determinado para o novo SoC.

  • Comprovação de uso da versão 2.2 do DLSS, além de suporte ao Ray Tracing e utilização da Ampere * como base;

(*) Construída com 54 bilhões de transistores, a arquitetura NVIDIA Ampere é o maior chip de 7 nanômetros (nm) já construído e apresenta seis inovações importantes: Tensor Cores (Terceira Geração), GPU Multi-Instância (MIG), NVLink de Terceira Geração, Esparsidade Estrutural, RT Cores (Segunda Geração) e Memória Mais Inteligente e Mais Rápida.

Datado de 2019, a imagem acima traz a documentação referente ao SoC T239 (identificado como Drake internamente pela NVIDIA) que foi solicitado e está sendo estruturado de maneira customizada para a Nintendo (4) contendo suporte à versão 2.2 do NVIDIA DLSS, além da tecnologia de Ray Tracing.

O último parágrafo no lado direito dessa imagem também dá indicativo de que a NVIDIA teria sugerido a Ampere como arquitetura da GPU para o sistema seria um caminho melhor para que houvesse a compatibilidade de implementação do “NX“, ou seja, a Nintendo já teria deixado claro que queria a retrocompatibilidade com toda a biblioteca atual do console nesse modelo (como muda a arquitetura, eles precisavam deixar isso explícito para a NVIDIA).

Até o momento em que esta matéria está sendo publicada, a Nintendo não comentou publicamente sobre a existência do novo hardware, mas com a chegada de eventos como a GTC 2022 e auxílio de dataminers / leakers, a possibilidade de que mais características técnicas desse modelo vazem é bem elevada.

Rumor! Lembre-se de que essa informação é falsa / especulativa até que se prove o contrário. Não a leve ou a compartilhe como um fato.

Fonte TechPowerUP @NWPlayer123
você pode gostar também
Comentários